sexta-feira, 21 de novembro de 2008

*

Levanta-se da cadeira e passeia devagar pelo escritório.

- Que delícia andar no meio da sala! Ela parece mais vazia hoje.

Só que a sala sempre esteve daquele jeito. Com o mesmo cheiro de mofo, a mancha no carpete perto da tomada, cadeiras enferrujando e papéis usados. Uma insatisfação nauseante estampa o rosto dos funcionários e a água do filtro parece vir de algum prato de samambaia. O homem barrigudo vestindo camisa de listras vermelhas e pretas rosna para preencher o vazio que a frase deixou.

Volta à cadeira, seu celular toca. Colore o ambiente com o mesmo sorriso patético de dias seguintes.

*

3 comentários:

Renata Calmon disse...

Ela foi diagnosticada rapidamente: Paixão, disse o doutor,

Ana disse...

Ficar feliz de bobeira... Ou não, né? Colorir o dia com um toquezinho no celular... Ai ai... é tão bom sentir assim?
Adorei a cena em pílula.

Bj

Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Priscila Nicolielo disse...

Rê, Rê, Rê.
Ana, obrigada!!
Beijos pras duas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...