quarta-feira, 17 de junho de 2009

LÁ DENTRO

continua a mesma coisa: as portas se trancaram com força e uma massa tapou qualquer frestinha que pudesse soprar notícias das últimas explosões internas. Lá fora, a lâmpada esquenta o rosto pálido de Alice e ela comtempla o chão quadriculado da sala. Por alguns minutos. Depois se levanta e coloca a água do chá para ferver. Até ferver. Até sufocar o fogo. E dorme na cozinha. À espera das portas e janelas cederem.

2 comentários:

Anônimo disse...

sua filha vai se chamar alice?

Priscila Nicolielo disse...

não.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...