sexta-feira, 10 de julho de 2009

O QUE SEI DESSES...

O que sei desses tempos? Não os encomendei. Não os aceitei. Não os compreendo. Nem em gestos irresponsáveis sugeri que se aproximassem. Que fiz eu? Agora se enrolam em mim. Transformaram-me em estátua. Taparam-me as narinas. Meus bruscos escapes não ornam com mais nada. Escorrego delicada e lentamente. Outros tempos. Uma seda deslizando em um abraço noturno. Visando um dia o chão e pés. Lágrimas manchando sapatos, implorando centavos. Romântica e estúpida mania. Focos desviados durante interesses ditos. Que quero eu? Uma porta calada, sua chave esquecida. Que pretendo agora?
Evaporar...

3 comentários:

e.c. disse...

Adorei "não ornam com mais nada"

um branco colorido disse...

Pri....
Ai, ai... digo eu!

Uma pequena escrita, para uma grande sensação.

Denise Molinaro disse...

Não evapore. Não suportaria a vida sem seus escritos, seus dilemas. E essa foto tá incrível. Copiaria o modelito? Sim, claro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...