sexta-feira, 17 de agosto de 2012

*

Morreu de mãos dadas à saudade. Morreu de orgulho.

*

3 comentários:

Van Mortícia disse...

Isso é tão minha cara... =/
Gosto muito dos seus textos, trechos Priscila. Parabéns, pois textos que tocam, possuem em sua essência, fragmentos da alma de quem os escreve.
Abraços

Priscila disse...

linda, obrigada, obrigada, obrigada.

R. Freitas disse...

Sofro de saudade. Mas sofro ainda mais de orgulho :( linda vc, moça!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...