domingo, 2 de novembro de 2008

*

Meu beijo é mentiroso

com frieza cobra vingança

bagunça cabeças


Deixa a dúvida na presença

esquenta lábios à toa

faz cena

fascina


Depois se afasta

e tranca na noite anterior

outra leviana conquista

*

9 comentários:

Pollyana Barbarella disse...

Disse tudo!
E eu aqui, na frente do mar, mas sonhando com o asfalto da praça...
E ouvindo isso: http://www.youtube.com/watch?v=4YVuJjWddAU

Bjs!!

Priscila Nicolielo disse...

o asfalto faz falta.
volta!

também to ouvindo agora... rs

beijooo!

fellipefernandes disse...

tô sabendo...

já estou de volta.

lóviu.

beijo na curva.

Priscila Nicolielo disse...

Oba, Fê!
lóviu!

marcos disse...

... é que seu beijo não conheceu o meu ainda rs beijo

Ana disse...

Beijos que bagunçam cabeças e reviram mentes...
A 2ª estrofe é especial e a minha preferida, principalmente este verso aqui: "faz cena / fascina". Sonorooooo! :D
Bjo
Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Priscila Nicolielo disse...

marquinhos, menos! haha
Ana, obrigada pela presença. sempre
beijos,

Dri Salerno disse...

Ultimamente tenho tentado abdicar de conquistas levianas... muito magnético seu poema. Vim conferir o famoso blog Nicolielo. Adorei.

Dri.

Priscila disse...

Fique a vontade, driiii

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...