quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

HOJE NA BRIGADEIRO

 

Não foi a sensação de liberdade por caminhar em uma tarde de quarta-feira. Não foi a música de que mais gosta tocando na lojinha de velas perfumadas. Não foi o sorriso que recebeu de um esbarro de olhares. Foi a placa na porta de um hotel. Precisa-se de arrumadeira urgentemente. Quase subiu as escadas. São quantos quartos? E para a recepção de madrugada, estão precisando? Lembrou-se de que o Zona Azul venceria e deu as costas a essa possibilidade. Subiu a avenida suspirando por mais caprichos (?) que a tirassem de sua bolha.

2 comentários:

Acac!!! disse...

É lindo !!!

C.Dias disse...

Aceita conselho de uma ex-camareira?
Se for pra ganhar a vida fazendo cama e bisbilhotando a vida de viajantes desconhecidos (não faça cara de surpresa pois toda camareira é bisbilhoteira, sim! E não temos a menor vergonha disso
:-)
que seja na Europa. Vc não só pode ganhar a vida assim como ganhar tbm pedacinhos curiosos do resto dos mundos.

Mas na minha opinião vc deverdia insistir na escrita. Caleja menos as mãos :-)
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...